ASSOCIAÇÃO DOS GEÓGRAFOS BRASILEIROS

Nossa História

A Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que reúne geógrafas e geógrafos, professoras e professores, estudantes de Geografia, e pessoas de outras áreas que se alinham aos princípios da entidade, preocupados com a promoção do conhecimento científico, filosófico, ético, político e profissional da Geografia para que se possa oferecer à crítica da sociedade uma abordagem geograficamente consistente dos seus/nossos problemas.

 

Fonte: Foto cedida por Margarida Guimarães |

A AGB foi fundada em 17 de setembro de 1934, por iniciativa do professor francês Pierre Deffontaines, juntamente com os professores Rubens Borba de Morais, Caio Prado Júnior e Luís Flores de Morais Rego. Sua primeira sede localizou-se na Avenida Angélica, 133, na cidade de São Paulo (SP) – residência do professor Deffontaines, que se encontrava no Brasil para a implantação do curso de História e Geografia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da recém-instalada Universidade de São Paulo (USP).

 

Em 1944, a AGB passou a se constituir em uma entidade de dimensões nacionais, que possuía sócios, profissionais, estudantes e colaboradores em todo o território brasileiro. As primeiras seções regionais foram criadas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco e Bahia.

 

Em 1946 a AGB realizou em Lorena, São Paulo, a sua primeira reunião nacional, sucedida até 1955 por inúmeras reuniões anuais. E no ano de 1956 a AGB promoveu o XVIII Congresso Internacional de Geografia da União Geográfica Internacional (UGI).

 

Até o início dos anos de 1970 a AGB era caracterizada como uma associação de pesquisadores. Mas no final da referida década, mais precisamente em 1978, durante o III Encontro Nacional de Geógrafos (ENG), realizado em Fortaleza – CE, a AGB passou por uma renovação de sua perspectiva organizacional, que se refletiu no processo de reformulação de seu estatuto que a tornou uma associação mais integrada à luta pelos direitos humanos e ao debate político e democrático da sociedade.

 

Essa renovação da entidade foi estimulada pelo crescimento do movimento estudantil brasileiro e pelas bandeiras políticas que passavam a serem encampadas por geógrafos e geógrafas comprometidos com a transformação da sociedade sob um viés amplamente democrático. Isso porque até 1978 estudantes não possuíam poder de decisão no âmbito da AGB, apenas professores e outros profissionais.

 

Dessa forma, após o III ENG, em 1978, a AGB passou a adotar uma estrutura coletiva e horizontal para organizar cargos e decisões no âmbito interno da entidade. Passou a existir a Diretoria Executiva Nacional (DEN) que era o espaço de execução das decisões realizadas durante as Reuniões de Gestão Coletiva (RGC), as quais congregam as diversas Seções Locais existentes em todo o Brasil.

 

A base de ação da AGB é a Seção Local. As diretrizes e posicionamentos manifestados pela entidade são decididos pelo conjunto das Seções Locais reunidas durante as RGC. Com isso todas as pautas nacionais da AGB passaram a serem construídas e decididas a partir de suas bases locais, que são as suas seções.

 

Essa estrutura permitiu que cada pessoa associada pudesse criar e votar qualquer proposta dentro da associação, desde que possua convergência com os princípios da AGB, tanto em âmbito da Seção Local tanto em âmbito nacional durante as assembleias gerais de cada escala.

 

A partir de então a AGB busca promover ações para cumprir com seus princípios em suas diversas áreas de atuação. Algumas dessas ações são representadas por publicações científicas através de suas revistas (tanto em âmbito local quanto nacional), pela promoção do Encontro Nacional de Geógrafas e Geógrafos (ENG) a cada dois anos, pela divulgação de posicionamentos políticos sobre a realidade brasileira, pela participação em conselhos públicos de decisão sobre determinados assuntos e pela ação de seus Grupos de Trabalho (GT).

 

Os Grupos de Trabalho (GT) da AGB possuem fundamental importância para a entidade pelo fato de que são eles as formas de ação concreta na sociedade. Os GT da AGB desenvolvem inúmeras ações nas Seções Locais que estão vinculados: prestam auxílio à comunidades rurais e urbanas em conflito; acompanham os desdobramentos das políticas educacionais em curso no Brasil; assessoram territórios que sofrem com crimes ambientais; reivindicam políticas étnico-raciais de acesso à espaços institucionais e públicos; promovem debates sobre as questões de gênero na sociedade atual; e defendem o acesso gratuito e de qualidade às políticas de saúde pública.

 

Atualmente a AGB vem participando de diversos espaços de debate e decisão, como fóruns com outras entidades, conselhos institucionais e articulações diversas, tanto em escala local quanto nacional. E buscamos defender nesses espaços os princípios estabelecidos pela entidade na busca de uma transformação para uma sociedade justa.

ASSOCIAÇÃO DOS GEÓGRAFOS BRASILEIROS

Seções Locais

As Seções Locais (SL) são os espaços concretos de ação da AGB. Elas estão espalhadas por todo o território nacional em diversas cidades do país. É através da atuação das Seções Locais em suas diferentes localidades que o caráter nacional da AGB é construído, em suas diversas formas de intervenção na sociedade.

Abaixo está a lista com as Seções Locais da AGB:

Inativas

Aquidauanaaquidauana@agb.org.br
Bauruatendimento@agbbauru.org.br
Belém | sem informação
Boa Vista | sem informação
Cácerescaceres@agb.org.br
Campina Grandecampinagrande@agb.org.br
Campo Grandecampogrande@agb.org.br
Campo Mourão | sem informação
Catalão agbcatalao.go@gmail.com
Corumbá
| sem informação
Crato | sem informação
Curitibaagbcuritiba@gmail.com
Distrito Federaldistritofederal@agb.org.br
Florianópolis agbflorianopolis@gmail.com
Francisco Beltrãofranciscobeltrao@agb.org.br
Garanhuns | sem informação
Guarabira guarabira@agb.org.br | agbguarabira@gmail.com
Imperatriz | sem informação
Itajaí | sem informação
Jataíagbjatai@yahoo.com.br
Londrina | agb_londrina@yahoo.com.br
Maceió
| sem informação
Manausmanaus@agb.org.br
Maringámaringa@agb.org.br
Montes Claros
| sem informação
Natal | sem informação
Pelotas | sem informação
Reciferecife@agb.org.br | agbrecife@gmail.com
Rio Brancoriobranco@agb.org.br
Rondonópolis | sem informação
Salvador | sem informação
São João del-Reisaojoao@agb.org.br
São Luissaoluisma_agb@yahoo.com.br
Santa Maria | sem informação
Teresina | sem informação
Uberabauberaba@agb.org.br
Uberlândia | uberlandiaagb@yahoo.com.br
Viçosa | 
agb_vicosa@yahoo.com.br
Vitória da Conquista
| sem informação
Volta Redonda | sem informação

Informamos às seções Locais que não se encontram nessa lista com seus respectivos e-mails institucionais que entrem em contato com a DEN pelo e-mail nacional@agb.org.br e nos informe a situação para que possamos criar o respectivo endereço eletrônico.


ASSOCIAÇÃO DOS GEÓGRAFOS BRASILEIROS

Diretoria Executiva Nacional

Gestão Primavera nos Dentes (2020-2022)

A Diretoria Executiva Nacional (DEN) tem o papel de representar os interesses das geógrafas e geógrafos executando os encaminhamentos definidos pelo conjunto de Seções Locais da AGB. A DEN é a responsável legal da AGB Nacional, respondendo juridicamente pela entidade. É composta por associadas e associados das Seções Locais, sendo que a cada dois anos é eleita uma nova diretoria durante a Assembleia Geral da AGB, realizada em cada Encontro Nacional dos Geógrafos e Geógrafas. A atual DEN foi eleita em outubro de 2020 e possui a seguinte composição:

Coletivo de Presidência

Presidenta: Lorena Izá Pereira (SL João Pessoa)
Vice Presidente: Amanda Emiliana Santos Baratelli (SL Três Lagoas)

Coletivo de Secretaria

1º Secretário: Vinicius Lima Lemes (SL Vitória)
2ª Secretária: Amanda Amaral (SL Juiz de Fora)

Coletivo de Tesouraria

1° Tesoureiro: Felipe Rodrigues Leitão (SL Fortaleza)
2° Tesoureiro: Gabriel Henrique de Oliveira Bragança (SL Belo Horizonte)

Coletivo de Publicações

Coordenadora de publicações: Rachel Facundo Vasconcelos (SL Fortaleza)
Suplente de Coordenadora de publicações: Maria Clara Salim Cerqueira (SL Belo Horizonte)

Coletivo de Comunicações

Igor Carlos Feitosa Alencar (SL João Pessoa)
Lucas Araújo Martins (SL João Pessoa)
Paola Luchesi Braga (SL Belo Horizonte)